No último amistoso antes da estreia na Copa, o Brasil mostrou força para vencer a Áustria por 3 a 0 ontem, no estádio Ernst Happel, em Viena (Áustria). Assim como no jogo preparatório do último dia 3, contra a Croácia, Neymar teve uma atuação segura e marcou um belo gol.

 Quem inaugurou o placar, no entanto, foi o atacante Gabriel Jesus, com uma finalização com efeito, aos 34 minutos do primeiro tempo. Na segunda etapa, o camisa 10 da seleção recebeu bom passe de William, deixou o zagueiro austríaco sentado após o drible e marcou um golaço aos 17 do segundo tempo. Philippe Coutinho fechou o placar aos 23 da etapa final depois de uma boa tabela com Roberto Firmino.  

 Foi o primeiro jogo de Neymar como titular, depois de voltar aos gramados no último fim de semana após três meses de recuperação de cirurgia no pé direito. O craque foi perseguido pela marcação, mas jogou bem e acabou ficando quase o jogo inteiro em campo, sendo substituído a 10 minutos do apito final.

Tite conseguiu iniciar o jogo com a formação que pensa ser ideal para encarar esquemas defensivos, com Philippe Coutinho vindo de trás e Willian, Gabriel Jesus e Neymar no comando de ataque. Ainda assim, o técnico não garantiu a formação para a estreia.

“Não posso confirmar o time titular. Na sexta-feira eu falo time, agora estou na adrenalina do jogo”, indicou Tite em coletiva após a partida. “Contra a Suíça, vamos começar a pensar agora. Temos uma forma de jogar. Não mudamos nosso jeito de jogar se formos jogar contra a Alemanha”, acrescentou.

O técnico Tite ainda rasgou elogios a Neymar. Na coletiva, ele afirmou que “não sabe os limites” do jogador. “A capacidade técnica e criativa dele é impressionante. Quando o acionamos no último terço do campo, ele é letal”, afirmou, após a partida.

Neymar jogou 82 minutos na partida, fez o segundo gol do Brasil. O principal jogador da equipe tinha ficado apenas 45 minutos em campo no jogo contra a Croácia (2-0), o primeiro após a grave lesão.

Tite se mostrou “extremamente orgulhoso” da equipe, após vitória que mostrou “boa individualidade técnica e marcação firme”.

“Geramos essa boa expectativa... é bom. Vamos nos desafiar. É bom. Só um detalhe. Começa agora uma nova etapa”, afirmou Tite sobre os próximos passos da seleção já em território russo.

O Brasil integra o Grupo E da Copa do Mundo da Rússia e estreia na competição no dia 17 de junho, domingo, contra a Suíça, em Rostov-on-Don. Em seguida, medirá forças com Costa Rica (22 de junho), em São Petersburgo, e Sérvia (27), em Moscou. (Com AFP)

 AMISTOSOS

0X3

Áustria

3-4-3: Lindner; Dragovic, Prodl, Hinteregger; Lainer, Baumgartlinger, Grillitsch (Zulj) e Alaba; Schopf (Hierlander), Schlager (Burgstaller) e Arnautovic. Técnico: Franco Foda.

 

Brasil

4-2-3-1: Alisson; Danilo, Thiago Silva (Marquinhos), Miranda e Marcelo (Filipe Luis); Casemiro (Fernandinho); Paulinho, Philippe Coutinho (Taison), Willian e Neymar (Douglas Costa); Gabriel Jesus (Firmino). Técnico: Tite.

 

Local: Estádio Ernst Happel, em Viena.

Gols: Gabriel Jesus, aos 35 minutos do primeiro tempo; Neymar, aos 17, Coutinho, aos 23 minutos do segundo tempo.

Arbitragem: Viktor Kasai (HUN).

Público: 48.500 pessoas

 

 

 

Núcleo de Rádio Jornalismo Asa Branca AM e FM

FONTE: O Povo

 

Compartilhe:

Deixe seu comentário

Mural de recados

Carrega

    Nenhum comentário encontrado

Enquete

Como está a administração pública em Boa Viagem?

Top 10

  • Gusttavo Lima

    Apelido Carinhoso

  • Léo Magalhães

    Oi

  • Eduardo Costa

    Saudade

  • Marília Mendonça

    De quem é a culpa?

  • Simone & Simaria

    Paga de Solteiro Feliz

  • Jorge & Mateus

    Contrato

  • João Neto Pagadão

    Amor falso

  • Wesley Safadão

    Ar condicionado no 15

  • Fernando Pisadinha

    Ela não larga eu

  • Amado Batista & Duda

    Desligue o celular