Ferrão bate o Floresta por 2 a 1 no PV, garante vaga na 2ª Fase do Estadual – Rádio Asa Branca 99,5 – A Rádio de Boa Viagem

Ferrão bate o Floresta por 2 a 1 no PV, garante vaga na 2ª Fase do Estadual

O Ferroviário venceu o Floresta por 2 a 1 no Presidente Vargas pela 6ª rodada da 1ª Fase, mas não pode mais ser líder e ganhar uma vaga na Copa do Brasil de 2020. Com a vitória, o time coral chegou aos 10 pontos e garantiu classificação com uma rodada de antecedência, mas não pode ultrapassar o Barbalha (que venceu o Guarani e chegou aos 14 pontos) e terminar a fase como líder. Assim, a equipe de Marcelo Vilar joga na quarta-feira com o surpreendente adversário apenas para cumprir tabela.

Ao fim da partida, a torcida coral, mesmo comparecendo em pequeno número ao PV, mostrou o descontentamento com o futebol inconstante demonstrado na 1ª Fase, incluindo o jogo deste domingo (27), vaiando os jogadores.

Antes da partida, o Ferroviário sabia que não dependia mais de suas forças para ser líder da fase inicial e ganhar uma vaga na Copa do Brasil. A equipe tropeçou no Horizonte na quarta-feira anterior e se colocou em situação complicada para as duas rodadas finais.

Com um time praticamente completo – apenas Enercino foi desfalque – o Tubarão da Barra até começou bem o jogo, tabelando e chegando com facilidade á frente. Mas após lesão de Siloé logo no início de jogo, o time coral demorou para engrenar.

Só após tomar uns sustos nos rápidos contra-ataques do Floresta armados por Tavares, Renê e Paulo Vyctor, o Ferrão acordou e criou duas chances com Edson Cariús, com o goleiro Carlão defendendo bem em todas.
Mas se tanto insistir, o Ferroviário saiu na frente com seu artilheiro. Após cobrança de escanteio de Lucas Mendes, Edson Cariús cabeceou bem e venceu o goleiro Carlão: 1 a 0 para o Ferrão.
Com o gol, o Tubarão da Barra continuou pressionando e Leanderson quase ampliou no fim do 1º tempo, perdendo um gol na pequena área.

Para o 2º tempo, o Floresta voltou mais ofensivo com as entradas de Erison e Gil Mineiro, logo criando problemas para a defesa coral. O time de Paulinho Kobayashi pressionou um desatento time coral e empatou em cobrança de falta de Iago Barbosa, em chute forte de longa distância, aos 13 minutos.
O time da Vila Manoel Sátiro poderia ter virado em contra ataque desperdiçado por Erison e depois disso não criou mais.
O Ferroviário foi para o abafa – teve um gol anulado após jogada confusa – e virou com mais uma grande jogada de Edson Cariús: o artilheiro do Ferrão com 6 gols recebeu lançamento, tirou do goleiro e tocou para Emerson Catarina marcar aos 42 minutos: 2 a 1.

Com a vantagem, o Ferroviário segurou o resultado, que valeu pela classificação, mas com a vitória do Barbalha de 3 a 0 diante do Guarani de Juazeiro, a 1ª colocação fica inalcançável e uma vaga na Copa do Brasil agora só em caso de título cearense ou da Taça Fares Lopes no 2º semestre.

Outros jogos

Outros dois jogos completaram a 6ª rodada da 1ª Fase do Campeonato Cearense. O Barbalha goleou o Guarani de Juazeiro por 3 a 0 no Romeirão e se manteve na liderança com 14 pontos. Uma vitória diante do Ferroviário na última rodada, a equipe de Washington Luis garante a 1ª colocação e a vaga na Copa do Brasil. O Leão do Mercado continua com 4 pontos e ameaçadíssimo de rebaixamento.

No Junco, o Guarani de Sobral empatou sem gols com o Iguatu e também garantiu classificação, com 8 pontos. Já o Azulão da Princesa, foi rebaixado, com apenas 2 pontos.

 

Sistema Asa Branca de Comunicação

FONTE: Diário do Nordeste