Roni, mascote do Ferroviário, morre após acidente de carro ao voltar de comemoração de título – Rádio Asa Branca 99,5 – A Rádio de Boa Viagem

Roni, mascote do Ferroviário, morre após acidente de carro ao voltar de comemoração de título

 

Uma colisão entre um carro e um poste, na Barra do Ceará, em Fortaleza, vitimou Ronierbson Gomes e Silva, o Roni, que incorporava o mascote Tutuba, do Ferroviário. Aos 36 anos, o cearense voltava da comemoração do título da Copa Fares Lopes quando sofreu o acidente.

Roni chegou a ser socorrido e foi levado ao Hospital Instituto Doutor José Frota (IJF), no Centro. Após cerca de 24h internado, ele não resistiu aos ferimentos e faleceu. Roni era mascote do Ferroviário desde 2015, quando se tornou figura carimbada nos jogos do time.

Ronierson será velado em casa. O corpo chegará no período da tarde. O sepultamento será nesta quarta-feira (7), no cemitério Jardim do Éden. Nos últimos anos, Roni ficou conhecido pela sua maneira irreverente de interpretar o Tutuba. Com ele, o mascote ganhou repercussão nacional após algumas comemorações.

Mascotes

Por meio das redes sociais, Joaquim Neto, mascote do Fortaleza, lamentou o ocorrido. “A vida é muito cruel, muito cruel. Que Deus te receba de braços abertos, meu amigo! Descanse em paz”.

Alan Almeida, mascote do Ceará, também prestou sua homenagem. “Rivais eram apenas os nossos times. Mas sempre prevaleceu o respeito e a amizade. Vá em paz, Roni. Que Deus te receba de braços abertos. Triste em saber que perdemos um cara do bem, que sabia fazer a alegria da rapaziada”.

 

 

 

 

Sistema Asa Branca de Comunicação

FONTE: Diário do Nordeste