Ceará derrota o Cruzeiro em pleno Mineirão e deixa o Z-4 – Rádio Asa Branca 99,5 – A Rádio de Boa Viagem

Ceará derrota o Cruzeiro em pleno Mineirão e deixa o Z-4

As situações eram adversas. Jogo fora de casa, estádio com bom público, pressão por vitória, favoritismo do adversário. Neste contexto, o Ceará bateu o Cruzeiro no Mineirão, em Belo Horizonte, graças à noite inspirada de seu centroavante, carinhosamente chamado pela torcida de “Rei” Arthur.
O jovem atacante de 20 anos resolveu a partida ao marcar os dois gols da peleja, ambos no segundo tempo. A apresentação do camisa 40 garantiu três pontos para o Alvinegro do Porangabuçu, a subida de três posições na tabela e a saída da zona de rebaixamento da Série A. Com o triunfo, o Vovô quebrou ainda o tabu de nunca ter vencido os mineiros fora de seus domínios.
Além do protagonismo de Arthur, o Vovô fez partida praticamente perfeita diante da proposta de se defender atrás da linha de meio-de-campo e explorar os contra-ataques. Sem o suspenso Lisca, o Ceará surpreendeu ao entrar em campo com João Lucas, Ricardinho e Juninho nas vagas que costumam ser de Felipe Jonatan, Edinho e Juninho Quixadá.
No primeiro tempo, Arthur deu uma amostra do que poderia aprontar no Mineirão. O centroavante teve duas chances de marcar, uma delas parando na trave após bobeada do goleiro Fábio. A equipe alvinegra fez uma partida equilibrada nos primeiros 20 minutos de jogo, com o sistema defensivo bem postado, dando pouco espaço para o Cruzeiro.
Na parte final da primeira etapa, a Raposa cresceu de produção, explorando o lado direito da defesa do Ceará, mas sem força para abrir o placar. Na melhor chance dos donos da casa, Everson salvou.
No segundo tempo, o Ceará foi cirúrgico. Em duas chances que teve com contra-ataques, balançou as redes duas vezes. Certeiro, Arthur marcou nos únicos dois chutes na direção do gol. Logo após o primeiro tento, Valdo entrou no lugar de Leandro Carvalho e reforçou ainda mais a zaga alvinegra, que segurou o ataque rival sem maiores dificuldades até o apito do árbitro.
Destaque da partida também foi Richardson. O volante manteve o alto padrão de marcação em mais um jogo de entrega máxima e foi responsável por puxar contragolpe do gol final, após desarme no campo de defesa. Já Leandro Carvalho incomodou os defensores cruzeirenses enquanto esteve em campo.
O Ceará volta a campo na segunda-feira, 29, no Castelão, contra o Atlético-MG, com chance de se distanciar da Z-4.

Sistema Asa Branca de Comunicação
FONTE: O POVO