Suspeito de matar namorada na frente do filho confessa crime: ‘perdi a cabeça e furei ela’ – Rádio Asa Branca 99,5 – A Rádio de Boa Viagem

Suspeito de matar namorada na frente do filho confessa crime: ‘perdi a cabeça e furei ela’

O namorado da adolescente Fernanda Alves Ribeiro, morta a facadas nesse fim de semana, confessou à Polícia ter cometido o crime durante discussão do casal. A reportagem apurou que já na delegacia, Antônio Kleuton Alves Costa disse às autoridades: “perdi a cabeça e furei e ela”.

A Justiça agendou a audiência de custódia de Kleuton para esta quarta-feira (13), às 14h.

O Ministério Público do Ceará (MPCE) já se posicionou pela manutenção da prisão do suspeito. Para o órgão, a prisão em flagrante deve ser convertida em preventiva com intuito de preservar a ordem pública, sendo necessária para a instrução criminal e considerando que em consulta aos antecedentes criminais o custodiado já tinha farto histórico de criminalidade.

Conforme versão do suspeito preso em flagrante no domingo (10), por volta das 5h eles começaram a discutir em casa, no município de Tauá, e o crime aconteceu. A jovem foi morta na frente do filho dela, de sete meses de idade.

Já com este caso, só em 2021, com base nos dados da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), pelo menos 23 mulheres foram vítimas de feminicídio no Ceará. Os meses com mais casos até então são agosto e setembro.

JUNTOS HÁ 4 MESESConsta nos autos que vítima e suspeito mantinham relacionamento amoroso e moravam juntos há quatro meses. Eles tinham ido a uma festa no sábado (9) e teriam começado a discutir ainda nesse local. Já em casa, no início da manhã, Fernanda foi atingida e morreu. O corpo dela foi encontrado ensaguentado, deitado em uma cama.

Kleuton fugiu da residência e se escondeu na casa dos pais. Policiais militares receberam informações sobre o paradeiro dele e efetuaram a prisão em flagrante. A faca utilizada no crime foi apreendida e o suspeito conduzido ao plantão da Delegacia Regional de Tauá, unidade da Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE) responsável pela investigação do caso.

DEMAIS CASOSFernanda Alves Ribeiro foi assassinada em razão de gênero logo no Dia Nacional de Luta contra a Violência à Mulher. A maior parte dos crimes de feminicídio no Ceará têm em comum a característica de serem praticados dentro da residência do casal, e com o uso de arma branca.

No último mês de junho, um caso em Fortaleza chamou a atenção da população. Juscelino de Amorim Barbosa foi preso sob a suspeita de assassinar a esposa. Em depoimento, ele confessou ser o autor do crime e detalhou a tragédia.

Segundo Barbosa, o casal consumia bebida alcoólica quando começaram a brigar. Ele disse que deu uma pancada na Glaucia Martins da Silva com um pedaço de pau e depois a asfixiou com um arame. Em seguida, escondeu o corpo da vítima embaixo do sofá, onde foi encontrado pela filha dela. Juscelino foi denunciado pelo MPCE ainda no mês de junho, segue preso e o processo tramitando.

 

 

 

 

 

Sistema Asa Branca de Comunicação

FONTE: Diário do Nordeste